A {reprograma} é uma iniciativa de impacto social que tem como missão diminuir a lacuna de gênero no setor de tecnologia por meio da capacitação profissional em programação de mulheres em situações de vulnerabilidade, priorizando em seus processos seletivos negras, trans e travestis.

A ideia da {reprograma} partiu da peruana Mariel Reyes Milk, que se conectou a um grupo de pessoas voluntárias para dar vida ao projeto. Em maio de 2016 começamos nossa turma piloto de front-end de 6 semanas em São Paulo. Ao final dessa primeira turma, diante de um projeto bem sucedido, Mariel entendeu que esse era seu propósito naquele momento e junto à Carla De Bona e Fernanda Faria fundaram oficialmente a {reprograma} como uma associação sem fins lucrativos.

Ainda em 2016 e no ano seguinte seguimos oferecendo cursos presenciais de front-end em locais disponibilizados por parceiros – como o Senai. Já em 2018 veio a grande mudança: fomos convidadas a integrar a Estação Hack do Facebook, hoje Meta, como parceiras na parte de educação em tecnologia, com foco em mulheres. Nosso curso de front-end passou de 8 para 18 semanas e pela primeira vez pudemos começar a trabalhar ativamente na empregabilidade de nossas alunas. Nesse momento, Mariel e Fernanda passaram a se dedicar integralmente à {reprograma}.

Como consequência da qualidade do trabalho desenvolvido e do aumento do número de parcerias, em 2019, a {reprograma} aumentou significativamente o número de cursos, realizando um total de 9 turmas. Nesse mesmo ano iniciou-se a coleta de dados a respeito do perfil étnico-racial das candidatas por meio da autodeclaração na inscrição e a implementação da nossa primeira turma de back-end, o que proporcionou a nossas alunas maiores chances de empregabilidade depois de formadas; e também da nossa primeira turma voltada para meninas de 14 a 17 anos, em parceria com B3 social, Fundação Behring e XP investimento.

Apesar do recorte racial ser uma preocupação das nossas líderes desde o início, elas não sabiam como atrair mais mulheres negras e não brancas para os cursos. Por isso, no mesmo ano, nossas fundadoras decidiram estudar mais a respeito de temas como feminismo negro e latino-americano, além de contratarem consultorias de suporte. Alinhadas às ações internas das lideranças, as organizações parceiras também estavam determinadas a tornarem o mercado de tecnologia mais diversificado e inclusivo.

O desenvolvimento de ações relacionadas aos temas acabou tornando-se o foco principal da {reprograma} e, a partir desse ponto as organizadoras tiveram a certeza de que abranger os temas de raça, gênero e renda, seria o caminho para geração de maior impacto na reprogramação do mundo.

Em 2021, com a parceria com o BID Lab (Laboratório de Inovação do Grupo Banco Interamericano de Desenvolvimento) e o apoio de cinco grandes empresas – Accenture, Creditas, iFood, Meta e Nubank -, foi possível expandir o nosso propósito para todo o Brasil com o projeto Todas em Tech, que tinha como objetivo impactar 2.400 mulheres e capacitar 400 delas em programação front-end e back-end.

E as novidades não pararam por aí: lançamos, em parceria com o Mercado Livre, o Conectadas, projeto que despertou o interesse por tecnologia de mais de 1.200 meninas entre 14 e 18 anos em toda a América Latina, que apresentaram mais de 150 projetos para criar soluções para os problemas que os rodeiam, como saúde e bem-estar, educação, abandono de animais e educação sexual. Além disso, lançamos mais uma edição do {reprograma} teens, curso de 06 semanas online, que objetiva ensinar a adolescentes de 14 a 17 anos uma introdução a programação front-end e a ferramentas de capacitação que as ajudaram a dar os passos iniciais na área de tecnologia.

Em 2022, fomos uma das 34 organizações não governamentais (ONGs) selecionadas pelo Desafio de Impacto do Google.org para Mulheres e Meninas. No mesmo ano, lançamos 06 turmas do Todas em Tech, seis turmas do Conectadas e ainda a primeira turma do Imersão Javascript, curso destinado a mulheres com experiência em programação. Além disso, anunciamos a Nadja Brandão como nova CEO/Diretora Executiva. Mulher negra, ela é advogada com foco em Governança Corporativa, Compliance e ESG, além de líder e mentora em comitês e programas voltados para a desigualdade racial e de gênero.

Diretoras da Reprograma

Nadja assumiu o cargo de Mariel Reyes, que se desligou para se dedicar, ao lado do marido, a  um novo empreendimento social focado em educação e liderança para criar oportunidades para todos os latino-americanos. A peruana segue conosco, como Presidente do Conselho Consultivo.

Para fechar 2022 com chave de ouro, fomos reconhecidas pelo Edital Prepara Futuro, uma iniciativa do Santander que busca apoiar projetos sociais que atuam com a agenda de inclusão produtiva (ou seja, a inclusão de pessoas em situação de vulnerabilidade econômica no mundo do trabalho, diminuindo a exclusão social e aumentando a produtividade do país). Graças a esse reconhecimento, no primeiro semestre de 2023, qualificamos profissionalmente uma turma de 40 mulheres para ingressar no mercado de tecnologia como desenvolvedoras juniores de front-end.

Ainda em 2023, lançamos o Programa de Aprendizagem Continuada, uma trilha de 12 semanas que visa consolidar o conhecimento técnico obtido nos cursos intensivos de back-end e front-end, complementando-os com conteúdos socioemocionais essenciais para profissionais de tecnologia. Em parceria com a B3 Social, formamos 40 mulheres como desenvolvedoras juniores back-end, além de educadoras e líderes de tecnologia no Educa{Devas}, projeto inovador que busca transformar o ensino de tecnologia, tornando-o mais inclusivo e motivador. Capacitamos diversas mulheres no Imersão JavaScript, aprofundando seus conhecimentos na linguagem e consolidando seu crescimento profissional de forma sustentável, facilitando sua inserção no mercado de trabalho. Lançamos nossa primeira turma de back-end com foco em Python e, também, em parceria com o Mercado Livre, promovemos seis turmas do Conectadas, aproximando jovens mulheres de 14 a 18 anos de habilidades tecnológicas e de impacto social. Estamos comprometidos em continuar capacitando e promovendo a diversidade na área de tecnologia.

No início de 2024, anunciamos a saída de Nadja Brandão como Diretora Executiva, sendo sucedida provisoriamente pelas Cofundadoras e Diretoras Fernanda Faria e Carla de Bona, que assumiram o cargo de CO-CEOs até a chegada de uma nova Diretora Executiva.

Além disso, ao longo de 2024, lançaremos duas turmas de Python: Fundamentos e Análise de Dados, duas turmas do curso Educa{Devas}: Formando Educadoras Tech e duas turmas de Imersão JavaScript. Esses cursos são parte do nosso compromisso contínuo de capacitar e preparar mulheres para atuar no campo da tecnologia, ampliando as oportunidades de desenvolvimento profissional e pessoal para nossas alunas. Estamos animadas com as possibilidades e oportunidades que este novo ano trará!

───  Equipe

Nosso Time

Fundadoras

Carla de Bona
Co-Diretora Executiva Interina
linkedin

Fernanda Faria
Co-Diretora Executiva Interina
linkedin

Mariel Reyes Milk
Presidente do Conselho Consultivo
linkedin

Equipe

Silvia Follador
Diretora de Programas
linkedin

Bárbara Santiago
Gerente de Diversidade, Equidade e Inclusão
linkedin

Cléo Almeida
Gerente de Comunicação
linkedin

Eloiza Bernardes
Gerente Financeira
linkedin

Jéssica Mendonça
Gerente de Gente e Gestão
linkedin

Tainara Caldas
Gerente de Captação de Recursos
linkedin

Luana Vieira
Coordenadora Administrativa
linkedin

Liana Alice
Coordenadora de Ensino
linkedin

Juliana Souza
Orientadora Educacional
linkedin

Louise Costa
Orientadora de Ensino
linkedin

Barbara Gomes
Analista de Talentos e Carreira  
linkedin

Dharla Soares
Analista de Comunicação
linkedin

Franciele Luz
Customer Success
linkedin

Larissa Lemos
Analista de Dados
linkedin

Letícia Cardoso
Analista de Programas
linkedin

Natália Martins
Tech Lead e Desenvolvedora Pleno
linkedin

Eliane Santos
Assistente Administrativa
linkedin

Nayla Ribeiro
Desenvolvedora front-end
linkedin

Ylana Portela
Desenvolvedora front-end
linkedin

Camila Almeida
Estagiária de Dados

linkedin

Fernanda Duarte
Estagiária de Comunicação

linkedin

Conselho Consultivo

Irina Bullara
linkedin

Monique Evelle
linkedin

Paulo Silveira
linkedin

───  Sobre

Prêmios e Reconhecimentos

Desafio de Impacto do Google.org para Mulheres e Meninas

Fomos selecionadas para receber o financiamento do Desafio de Impacto do Google.org para Mulheres e Meninas, um programa de apoio a organizações que atuam na criação de oportunidades econômicas para mulheres e meninas. Este é mais um passo que damos para ajudar mais mulheres a alcançarem todo o seu potencial. Para saber mais sobre o Desafio de Impacto, acesse aqui.

Prêmio Unesco para Educação de Meninas e Mulheres

O Prêmio da UNESCO para a educação de meninas e mulheres homenageia contribuições inovadoras para a promoção da educação de meninas e mulheres. Impactar a vida de meninas e mulheres através da educação em tecnologia é o nosso maior propósito e, em um contexto de pandemia em que meninas foram impactadas de maneira desproporcional pelo fechamento de escolas em todo o Brasil, este prêmio é ainda mais significativo. Saiba mais

PRÊMIO LIDERANÇA JOVEM FUNDAÇÃO ARYMAX

Prêmio de reconhecimento ao nosso trabalho com liderança jovem que visa impulsionar mudanças positivas, concretas e mensuráveis na sociedade.

IBM VOLUNTEER EXCELLENCE AWARD

Reconhecimento às voluntárias da {reprograma} que melhor exemplificam os valores IBM de dedicação, inovação e confiança no voluntariado de ensino de programação para mulheres.

MIT INCLUSIVE INNOVATION CHALLENGE FINALIST

Fomos finalistas do Desafio de Inovação Inclusiva, iniciativa do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, que premiou negócios que utilizam a tecnologia para melhorar as oportunidades de trabalho. 

───  Sobre

Diversidade, Equidade e Inclusão

Enquanto sociedade temos um longo caminho a percorrer para que todas as pessoas tenham garantido na prática seu direito constitucional à dignidade humana, com uma vida livre de discriminação, assédio e violência. Como organização, trabalhamos para capacitarmos e ajudarmos mulheres na recolocação no mercado de tecnologia, tendo sempre em vista os pilares de diversidade e inclusão, buscando garantir cada vez mais que esse processo conosco aconteça em um espaço diverso e seguro, seja ele físico ou virtual.

Em nossos cursos, têm prioridade mulheres negras, trans ou travestis, em situação de vulnerabilidade social. Nos esforçamos para sempre incluir mulheres de outros grupos minoritários ou comumente excluídos/invisíveis, como pessoas de diferentes raças/etnias e orientação sexual, de todas as regiões do país, mães e neurodiversas. Continuaremos trabalhando para conseguirmos incluir cada vez mais mulheres.

1055

MULHERES ADULTAS
FORMADAS

508

ADOLESCENTES
FORMADAS

10%

DE MULHERES TRANS E
TRAVESTIS FORMADAS

71,7%

DE MULHERES PRETAS
E PARDAS FORMADAS

28,2%

DE MULHERES FORMADAS NOS CURSOS ONLINE DAS REGIÕES NORTE E NORDESTE

55,7%

DE ADOLESCENTES PRETAS
E PARDAS FORMADAS

1055

MULHERES ADULTAS
FORMADAS

508

ADOLESCENTES
FORMADAS

71,7%

DE MULHERES PRETAS E
PARDAS FORMADAS

55,7%

DE ADOLESCENTES PRETAS
E PARDAS FORMADAS

10%

DE MULHERES TRANS E
TRAVESTIS FORMADAS

28,2%

de mulheres formadas
Nos cursos online das regiões
Norte e Nordeste

*Dados de todas as turmas de 2016 a 2022
*Para informações de raça, considera-se dados a partir de 2020
*Para informações de gênero, considera-se mulheres adultas a partir de 2021
*Para informações de região, considera-se turmas online

A partir de um programa de consultoria de DE&I (facilitado pela empresa Integra), levantamos as necessidades de mais ações práticas para haver alinhamento entre todas as pessoas envolvidas com a {reprograma}, buscando garantir sempre um ambiente onde todas – alunas e equipe – sintam-se acolhidas, representadas e seguras.

Na Mídia

Nós já fomos destaque em diversos veículos de comunicação, como TV Globo, Portal UOL, Forbes, Estão, Portal Terra, Yahoo, Canal Tech, IG – Delas e muito mais! Confira nossos destaques na mídia!

Assessoria de imprensa: Oliver Press

Contato

Assessoria: reprograma@oliverpress.com.br
Gerente de Comunicação da {reprograma}: cleo@reprograma.com.br

───  Parceiros

Seja Parceira

Sabe aquela pessoa que te apoia e dá mais força pra seguir em frente? Então, nossos parceiros são assim! Somos muito gratas a essas empresas incríveis que ajudam a fazer esse projeto acontecer:

Tire suas dúvidas

Transforme a Vida de Uma Mulher

Sua Doação Permite Que Mulheres Negras, Trans, Travestis e de Baixa Renda Possam Estudar